66% dos brasileiros consideram que a “TV nunca esteve tão boa como agora” – Propmark

“…“Em pouco tempo, o conteúdo se tornou disponível em qualquer hora e em qualquer lugar, abrindo infinitas possibilidades para os espectadores. Rapidamente e radicalmente, nós vimos a TV se redefinir. No meio de toda essa mudança, vemos que a televisão está sendo consumida agora mais do que nunca. O que é necessário é a redefinição de nosso entendimento de televisão”, afirmou o vice-presidente sênior de Consumer Insights e Data Innovation da VIMN, Christian Kurz….”

Propmark:

Para 66% dos brasileiros, a “TV nunca esteve tão boa”, aponta a nova pesquisa TV Re[Defined] da Viacom International Media Networks. A empresa ouviu 10.500 pessoas entre 6 e 34 anos, em 14 diferentes países, incluindo o Brasil. O estudo mostra como as pessoas assistem televisão atualmente e investiga o universo da TV e das diversas telas.

Segundo a Viacom, hoje os brasileiros possuem uma média de cinco devices (como tablets, smartphone, computador, laptop, console de jogos, dispositivos de streaming, TV Smart, iPod touch, DVD player) e usam em média cinco fontes de acesso ao conteúdo (como TV Linear, VOD de um operador de TV, DVR, assinantes de VOD, site de vídeo gratuito, websites e aplicativos de canais de TV). O número de aparelhos e fontes de acesso é similar entre os países.

O conteúdo é o aspecto mais importante da TV para os telespectadores, sendo que a facilidade de acessar conteúdo de diversas formas gera um engajamento maior com a televisão.

“Em pouco tempo, o conteúdo se tornou disponível em qualquer hora e em qualquer lugar, abrindo infinitas possibilidades para os espectadores. Rapidamente e radicalmente, nós vimos a TV se redefinir. No meio de toda essa mudança, vemos que a televisão está sendo consumida agora mais do que nunca. O que é necessário é a redefinição de nosso entendimento de televisão”, afirmou o vice-presidente sênior de Consumer Insights e Data Innovation da VIMN, Christian Kurz.

“A Viacom, além de ser uma das maiores produtoras de conteúdo mundial, também é uma das empresas que mais investem em pesquisas com o claro objetivo de desenvolver as marcas, os produtos e os conteúdos que se conectam com as suas audiências de forma relevante, única e eficiente”, diz Raul Costa, gerente-geral da Viacom no Brasil.

A pesquisa também mostra que o VOD (Video On Demand) e serviços de assinatura de VOD estão redefinindo a TV. Segundo a Viacom, os serviços que fornecem conteúdo VOD para televisão podem se tornar extremamente competitivos se continuarem proporcionando aos telespectadores acesso a bom conteúdo de forma fácil e inovadora. O estudo mostra que 51% preferem assistir TV “quando” querem ao invés de “onde” e “como”. No Brasil, essa proporção é de 47%.

 

 

Advertisements